Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

SANTA CASA E POLO NAVAL

sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2015 | 19:40

Com a frenética movimentação ( legítima e necessária – porém de forma coercitiva - após as promessas feitas de corpo presente, aqui, – e ...não cumpridas - da presidente Dilma - de manutenção dos empregos em nosso Polo ) em torno do futuro dos empregos, parece que a sociedade papareia se esqueceu de uma grave situação que tem – a meu ver e sentir de muita gente um baita potencial para se transformar num problemão. É o futuro da Santa Casa de Rio Grande.

A questão – em razão dos problemas mostrados, usuais e recorrentes em praticamente a totalidade das Santas Casas em terras tupiniquins, sugere que deveriam ser, no Brasil, todas as administrações substituídas a mando judicial. Quem está de passo errado? Todas as administrações hospitalares ou o sistema – perverso – de saúde bom de mídia/visão rósea e péssimo de operação?

Tem gente daqui – abastados - indo se tratar e até ter filho em Porto Alegre e/ou outro porto menos inseguro. Isto era coisa do passado. A excelência do complexo hospitalar Sta Casa está sendo posta em dúvida. E... está sangrando! Isto começa a ocorrer ( concidência????) com a saída – a mando judicial – do Administrador Rodolfo de Brito. Não há administradores hospitalares prontos em prateleiras no mercado. Ruim com ele? Muito pior sem ele!!! ME DISSE UM CONSELHEIRO DA STA. CASA!!!

A questão, o “case” Sta. Casa, foi, a meu ver, equivocamente judicializada. Os doutos jovens da lei, bem preparados, probos, com ótimas intenções, eu creio piamente nisso, porém humanos e muito jovens, assim decidiram. Mas...Será que possuem sólido conhecimento e visão geral do péssimo e perverso sistema de saúde tupiniquim e da drástica situação das instituições hospitalares brasileiras e suas mazelas?

Os sindicatos, com a “expertise” adquirida em manifestações/paralizações bem que poderiam unir-se e usar essa ferramenta em prol da Sta. Casa, de sua administração. Mas, lamentavelmente, a visão de alguns líderes sindicais é distorcida e o farol, baixo. Ver um mundo – imaginário - cor de rosa em hospitais sob o sistema brasileiro de saúde - e – como disse Alberto Alfaro, chorar em túmulo errado, como no caso do Polo Naval, mostram a direção errada desses entes. Dialogar mais é preciso!!!

Rio Grande está em via de alta velocidade e os sinais foram trocados. Se não brecar para refletir e mudar o rumo, em breve poderemos ter mais um “case” Beneficência com a Sta. Casa e provavelmente outro “case” Charqueadas no Polo.

Economista*


Escrito por Prof. Nerino Dionello Piotto

Comentários (0) | Indicar um amigo


^ topo

QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados