Logo Alfaro
Fale com o Alfaro
Promovendo cidadania com informação
banner Alfarobanner Alfarobanner Alfaro

Colunas

Colunista
Voltar

Profa. Gilma Trindade
Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil(1999). Professor titular da Universidade Federal do Rio Grande , Brasil.


Leia outras colunas



DIA DO AMIGO

quarta-feira, 20 de Julho de 2011 | 14:56

            Dia 20 de julho, Dia do Amigo! Somadas àquelas coincidências que a vida nos presenteia, hoje seria o dia de comemorarmos o aniversário de meu avô Laurentino, meu grande e querido amigo, se ele ainda estivesse fisicamente conosco. Hoje cedo, meu primo e querido amigo Elcio me ligou para desejar a mim e ao Zé um feliz dia do amigo e lembrarmos juntos de nosso avô. Obrigada Elcio por sempre te fazer presente nos bons e maus momentos! Mas como meu avô está e sempre estará no meu coração, é bom lembrar os vários momentos que fizeram a nossa convivência. Convivência, presença, isto é que nos faz AMIGOS. É muito bom lembrarmos aquelas pessoas que tiveram enorme importância nas nossas vidas, através de diferentes laços sentimentais, e que foram, acima de tudo, amigos. São alentos que ficam e que nos tornam mais confiantes para continuarmos acreditando no valor da vida e das relações. É maravilhoso termos uma família, esposo, mãe, pai, filhas, netos, genros, afilhados e afilhadas, enteadas, irmãos, cunhadas, sobrinhos, tios, tias, a nossa Dona Isabel, e reconhecermos em cada uma destas pessoas verdadeiros e leais amigos. Ver na Bianca e na Paula a amizade personificada me dá a garantia de que eu sempre terei alguém inteiramente do meu lado, mesmo que às vezes seja para discordarmos (é, os filhos crescem e passam a nos questionar e a nos fazer refletir mais do que pensávamos) ou para concordarmos (o que, felizmente, acontece mais). Olhar ao meu lado e sempre contar com o Zé (esteja ele fisicamente presente ou não) é a maior manifestação do amor que sentimos. Ele está sempre em mim, mesmo que discordemos algumas vezes (ou até muitas vezes, não é amor?). É, sem dúvida alguma, o meu hoje maior amigo! Embora pareça estranho, para quem ainda não me conhece bem, eu não posso deixar de lembrar neste Dia do Amigo do meu amiguinho de quatro patas chamado Paxá. Com seu amor incondicional e pureza de cãozinho, alegrou por doze anos a minha vida e das minhas filhas num período em que a vida nos reservou momentos de conquista e superação. Mas também quero falar de AMIGOS simplesmente. Daquelas pessoas com quem não temos laços familiares, mas que amamos de todo coração! De amigos que fazem o nosso dia de trabalho ser mais prazeroso, de amigos que fazem um encontro semanal de “carpeteiros” ser um momento lúdico e capaz de ser sempre renovado, mesmo que se estenda por mais de trinta anos. E é pensando nestes amigos que quero falar de duas queridas pessoas que vão representar aqueles verdadeiros amigos que agradecemos a Deus termos do nosso lado. Falo do Alfaro e da Simone, amigos maravilhosos que fazem este dia de hoje ter muito mais sentido. Obrigada meus queridos Alfaro e Simone por fazerem parte da nossa vida, por estarem presentes em todos os nossos momentos mais marcantes, sejam felizes ou tristes. Obrigada pelo muito que vocês nos ensinam, pelas risadas fáceis, pelos pontos comuns, pelos pontos incomuns... Obrigada pelos amigos que através da nossa amizade vocês trouxeram para as nossas vidas!

            Feliz DIA DO AMIGO para todos aqueles que acreditam na capacidade de amar do ser humano!


Escrito por Prfa. Gilma Trindade

Comentários (1) | Indicar um amigo


ANTES DAS RADIAÇÕES... UM POUCO MAIS DA VIDA

terça-feira, 19 de Julho de 2011 | 17:43

Após muito tempo estou retornando! Obrigada Alfaro, pela gentileza de não me expulsar deste teu espaço tão especial para ti e para teus amigos e admiradores. Estava “travada” e não adiantavam as broncas do Zé, meu marido, das minhas filhas, Bianca e Paula, nem as minhas autocríticas. As idéias não chegavam, mesmo com a vida levando seu curso intermitente. Dias melhores e dias piores foram passando e hoje, após mais uma cobrança do Zé (obrigada amor), veio a vontade de estar em contato novamente.

Mas falar do quê? Falar de amor, é claro! Amor pela família, pelos amigos, pelo trabalho... Falar do Arthur, netinho do Zé, meu amiguinho mais querido, amor em forma de gente! Falar da sua alegria, pureza, “sapequices”, seus abraços e beijinhos. É muito bom te ter nas nossas vidas! Falar do Davi, meu primeiro netinho, que, no aconchego do útero da minha Bianca, já desperta no meu coração um amor imensurável e torna a minha vida ainda mais maravilhosa. Eu vou ser vovó!! Obrigada Bianca e Rodrigo por este presente incomparável! Falar também da Paula e do Sam que lá de Alegrete ensinam que saudade também é uma forma de amor. Cada dia passado junto de vocês é hoje ainda mais especial, pois são esses dias que acalentam nossos corações até estarmos novamente juntinhos de vocês. Falar da Benícia, da Letícia e do Bruno que por razões similares, sustentam a capacidade de amar do Zé. Também não posso deixar de falar das minhas princesinhas Mariana e Eduarda, razões de esperança, continuidade e felicidade que enfeitam a minha vida. E é claro, falar do Zé, razão do meu acreditar num amanhã, por si só, mas também num amanhã com mais amor, cumplicidade e alegria.

Vamos ter muito que falar!!! E será maravilhoso repartir com vocês!

 


Escrito por Profa. Gilma Trindade

Comentários (0) | Indicar um amigo


  1-2  

^ topo

QUEM SOU

Alberto Amaral Alfaro

natural de Rio Grande – RS, advogado, empresário, corretor de imóveis, radialista e blogueiro.

ENTREVISTAS

O QUE EU LEIO

ÚLTIMAS 10 POSTAGENS


Ouça a Rádio Cultura Riograndina

ARQUIVOS

Alfaro Negócios Imobiliários
WD House

Blog do @lfaro - Todos os direitos reservados